17 maio, 2012

Alanis Morissette deu uma entrevista para site RedBook

Alanis deu uma entrevista para o site RedBook onde conta um pouco do seu lado mãe. confira!

Outro dia Ever, que está aprendendo a andar, teve um pequeno acidente e machucou o dedo. Em um segundo, antes dele sentir a dor, eu me abaixei para verificar se tudo estava OK (ele estava) e o abracei. Então ele começou a chorar. Foi cruel. Era vivo! Mas assim que ele começou a chorar  muito alto, parou.


Ele estava quieto, aliviado. Feliz. Assim que sentamos, meu coração começou a bater acelerado e as lágrimas brilhando no cantinho dos olhos dele, um pequeno sorriso se formou em seus lábios e eu pensei: "Que Bonito"
Vendo Ever expressar todas as emoções --a alegria e excitação, mas especialmente a frustração e o desapontamento-- que vem com um grande passo em seu desenvolvimento. Ele nunca luta contra sentimentos-- ele os vivencia completamente e no momento, e então ele está livre para continuar seguindo o que virá depois. Eu sempre coloquei as emoções pra baixo, bem escondidas para depois lidar com elas. Quando era mais jovem, eu tinha pavor de expressar minha raiva porque isso poderia começar uma reação ruim entre as pessoas na minha vida. Então eu segurava. eu deixei meticulosamente para lidar com isso depois, na terapia ou através das músicas.
Tardiamente, eu tenho tentado isso através do comportamento do Ever. Somente outro dia, eu expressei minha raiva fora das músicas pelo o que eu senti realmente pela primeira vez. Eu contei a uma amiga, que vive dando conselhos de paternidade e projetando as preocupações dela em mim, que eu a chamaria se precisasse de conselhos. Eu fiquei horrorizada em colocar esta barreira, não sabendo se ela ainda gostaria de ser minha amiga. No passado, Eu sorri quando estava com raiva ou virei minhas costas para amizades. Para minha surpresa, ela imediatamente pegou a responsabilidade e eu tenho percebido que minha honestidade tem ganhado novos ares na nossa relação. Está mais íntima, ficou assim, de repente, da noite pro dia, e eu me sinto livre para ser eu mesma no caminho dela que eu nunca fui antes.
Eu vou precisar tomar cuidado ao viver tão autêntica quanto a naturalidade de Ever, mas se eu cotinuar usando minha voz para me expressar de verdade, espero que um dia eu chegue lá. E por isso eu serei eternamente, maternalmente grata


Tradução:
Debora Commins

Fonte:


Artigos Relacionados

1 comentários :

Alanis Always disse...

Obrigado pela Visita e Fique a Vontade para Opinar sempre!!
*Duvidas ou Sugestões, Idéias, Divulgações e Parcerias podem ser enviados para:
contato@alanisalways.com
*Não Insultar o Autor ou Leitores das postagens
*Não Pedir parceria por comentários
*Não Publicar Spam ou Similar
*Não use caixa alta (caps lock).
*Seja cordial. Não use palavrões, nem termos ofensivos.
*Não faça spam ou comentários fora do contexto do post.
*Agradecemos elogios, sugestões e críticas construtivas.
*Toda ajuda é bem vinda. Não critique apenas, ajude também!

17 de maio de 2012 16:37

Postar um comentário