23 outubro, 2012

Alanis Morissette Oferece “ Havoc and Bright Lights”


Parece que foi ontem que Alanis Morissette estava cantando sobre amor que deu errado em “You oughta know” do debut de Jagged Little Pill no ano de 1995, que ganhou 16 prêmios.
Seis álbuns e mais ou menos 20 anos depois, Morissette é mãe de um filho e criadora do álbum “Havoc and Bright Lights”, seu primeiro lançamento em quatro anos.
 “Esta gravação é como de costume uma fotografia de tudo daquilo, pelo qual tenho sido obsecada ultimamente, pelo qual me importo e que me atormenta às quatro da manhã nos meus momentos mais introspectivos”, disse Morissette sobre o lançamento de 12 faixas. “É o meu comentário emocional, psicológico, social e filosófico através de música. Eu mal posso esperar por dividi-lo com esse planeta divertido e de diversão, e em sair em turnê, e mal posso esperar por ter a vívida, envolvente e desafiante conversa a qual essas músicas podem convidar”.
O legal da Alanis Morissette é que ela realmente está falando sério. Mesmo “Jagged Little Pill” a tendo decolado para múltiplos Grammys, ele nunca ligou para prêmios, atenção e seção de fotos. Quando “Jagged Little Pill” foi lançado, ela falava em largar a música e abrir uma floricultura, Ao invés disso, ela foi à Índia para à procura de um tipo de “Comer, rezar e amar”.
Voltando a hoje e ao nascimento Ever, que também deu nascimento à última explosão de composição.
“Quando meu filho nasceu, eu me senti imediatamente como ‘eu tenho que escrever algum disco’ ”, disse Morissette. “Claro que não podia ter sido pior no que diz respeito à escolha do período. Pós-parto não é tempo de fazer nada a não ser “pós-partar”. Já que eu sou uma “attachment mother”, eu queria estar com ele 24h por dia.”
Assim Morissette convocou o seu colaborador musical, Guy Sigsworth, a viajar de Londres e trabalhar com ela em Los Angeles em casa, escrevendo algo como uma faixa por dia.
“Foi bem incomum, mas perfeita combinação entre maternidade com artista”, ela disse. “Foi um desfio fazer os dois ao mesmo tempo, mas eu não tive outra escolha. Eu fui chamada para dar 100% ao dois, então isso foi a única maneira de fazer isso. Eu desenvolvi uma profunda afinidade e gratidão pelo café e caí no sono sentada pela primeira vez na vida.”
Deixemos a mais nova conversa começar!

Fonte:

Artigos Relacionados

1 comentários :

Alanis Always disse...

Obrigado pela Visita e Fique a Vontade para Opinar sempre!!
*Duvidas ou Sugestões, Idéias, Divulgações e Parcerias podem ser enviados para:
contato@alanisalways.com
*Não Insultar o Autor ou Leitores das postagens
*Não Pedir parceria por comentários
*Não Publicar Spam ou Similar
*Não use caixa alta (caps lock).
*Seja cordial. Não use palavrões, nem termos ofensivos.
*Não faça spam ou comentários fora do contexto do post.
*Agradecemos elogios, sugestões e críticas construtivas.
*Toda ajuda é bem vinda. Não critique apenas, ajude também

23 de outubro de 2012 16:43

Postar um comentário