09 janeiro, 2015

20 álbuns que fazem 20 anos em 2015

O ano acabou de começar e você já está aí lamentando. Seja a comida extra, que fez uma pança extra, sejam as resoluções e promessas que não chegaram nem à primeira quinzena de Janeiro, seja a matrícula da academia que só serviu pra te deixar mais pobre, Janeiro é o mês oficial das lamentações.
Como forma de trazer um pouco de nostalgia e/ou fazer com que você se sinta mal, relembramos 20 álbuns que estão completando 20 anos em 2015, o que vai te fazer perceber como o tempo, esse serelepe, passou tão rápido. Aproveite e… se sentir que o clima ainda merece mais, nos ajude a relembrar outros nomes para a parte 2, 3, 4, 5 dessa lista!


 Junho de 1995 também foi o mês escolhido por Alanis Morissette para lançar Jagged Little Pill. O trabalho, que teve a produção de Glen Ballard é responsável pelos singles “You Oughta Know”, “Ironic” e “You Learn”, entre outros, e pela ascensão de Alanis ao mercado do rock mundial.
Apesar de ser tido como o primeiro trabalho da cantora, Jagged é o terceiro disco de Morissette, porém foi o primeiro a ser lançado internacionalmente, já que os dois anteriores tiveram seus lançamentos feitos apenas no Canadá, país de origem da moça. O trabalho também foi um dos mais bem sucedidos discos da década de 90.

PJ HARVEY

To Bring You My Love

PJ Harvey To Bring You My Love 20 anos

Lançado em Fevereiro de 1995, To Bring You My Love marca o fim do PJ Harvey Trio e lança a carreira solo da cantora inglesa. O disco foi efusivamente promovido pela gravadora, alcançou grande sucesso comercial e deslanchou a carreira da artista, que se inspirou no blues e no pop para o lançamento.
Com “Down By The Water” e “C’mon Billy” em todas as rádios, a cantora recebeu anos mais tarde a indicação para a lista da Rolling Stone americana entre os 500 melhores discos de todos os tempos.

PATO FU

Gol de Quem?

Patu-Fu-Gol-de-Quem-20-anos


 Do tempo em que ainda era exaustivamente comparada com o Mutantes, o Pato Fu lançou em seu segundo disco uma série de argumentos para ou parar com a comparação, ou alimentá-la. Gol de Quem? foi lançado em Fevereiro e vendeu mais de 50 mil cópias, com os singles “Sobre o Tempo” (até hoje pedida em todos os shows da banda), “Vida Imbecil” e “Mamãe Ama é o meu Revolver”, além de contar com o registro de “Ob-la-Di, Ob-La-Dá” gravada em velocidade três vezes maior que a da gravação original, dos Beatles.

RADIOHEAD

The Bends

the bends - radiohead - 20 anos

Concorrer consigo mesmo sempre é um trabalho muito, mas muito árduo. Assim foi a vida do Radiohead, ao lançar em Março de 1995, seu segundo disco, The Bends, que tinha a árdua tarefa de trazer um single tão instantâneo e duradouro como o do álbum de estreia da banda, Pablo Honey e sua
maldita-musiquinha fofa de cortar os pulsos amada por todo o universo “Creep”.
Bem recebido, porém sem cumprir totalmente a tarefa, The Bends consolidou a banda como algo bem diferente de mais um “one-hit wonder“, com “High and Dry”, “Fake Plastic Trees”, “Street Spirit (Fade Out)” e “My Iron Lung”.

WILCO

A.M

am-WILCO-20-anos

O álbum de estreia do Wilco, A.M, foi lançado em Março de um ano que seria bem ruim para eles. A crítica ao álbum da antiga banda que deu origem ao grupo, Uncle Tupelo, era melhor, a venda de ingressos para shows foi decepcionante e o primeiro single, “Box Full of Letters” não recebeu grande acolhimento de público e mídia.
“Então o que diabos esse disco está fazendo aqui?”, você se pergunta nobre leitor. E eu respondo: quase 10 anos depois do lançamento, em 2003, A.M se transformou em um recorde de vendas, provavelmente impulsionado pelo maior sucesso de vendas do Wilco até então, o disco Yankee Hotel Foxtrot, lançado em 2002. A memória e a perseverança mandam lembranças…

FAITH NO MORE

King For A Day… Fool For A Lifetime

King-For-A-Day-Fool-For-A-Lifetime-20-ANOS

O quinto álbum de estúdio do Faith no More também foi lançado em Março de 1995. O trabalho foi o primeiro que não foi gravado com o guitarrista Jim Martin, tendo sido substituído por Trey Spruance.
A mistura de estilos com o tradicional heavy metal da banda causou alguma confusão e trouxe reações mistas ao lançamento, mas os singles “Evidence”, “Digging the Grave” e “Ricochet” atravessaram a barreira do julgamento e se consagraram grandes sucessos.

MAMONAS ASSASSINAS

Mamonas Assassinas

Mamonas Assassinas - 20 anos

Sucesso absoluto em cada centímetro de terra do Brasil, os Mamonas Assassinas fizeram Junho de 1995 um mês para ficar na história da música brasileira, seja qual for o seu estilo favorito. Com seu rock engraçadinho e suas músicas que misturavam forró, reggae e até samba, os Mamonas foram aclamados por cada canto em que passaram, fazendo presença em todos os programas de TV do país e vendo lotações em shows e eventos em que apareciam.
Infelizmente, um trágico acidente aéreo acabou com o sonho de milhares de brasileiros e especialmente de Dinho, Bento, Júlio, Samuel e Sérgio em 2 de Março de 1996, quando todos os integrantes da banda morreram na volta de um show em Brasília.
De todo modo, a saudade das 14 músicas do único disco e a lembrança de um dos momentos mais legais pra se ouvir rock e se divertir daquele ano vão ficar para sempre no coração de todos os fãs.

BJÖRK

Post

Bjork-post-20-anos

O segundo disco da carreira da cantora islandesa Björk é até hoje lembrado como um dos melhores de sua carreira. Lançado em Junho, o trabalho foi a mostra da cantora de que era possível misturar indie-punk, jazz, pop e dance music, com uma sensibilidade e tato que só poderiam vir dela.
“Army of Me”, “It’s Oh So Quiet”, “Possibly Maybe” e “You’ve Been Flirting Again” são algumas das mostras deste sucesso.

FOO FIGHTERS

Foo Fighters

Foo-Fighters-20-anos

Um ano depois da morte trágica de Kurt Cobain, o baterista do Nirvana lança o primeiro disco do Foo Fighters, sua banda a partir de então. Lançado em 4 de Julho de 1995, o trabalho foi completamente gravado e produzido pelo tal baterista, que na época contou com o apoio do guitarrista Greg Dulli e justificou a trabalheira toda como uma forma de se recuperar da morte do amigo.
O disco recebeu boa crítica e diversos prêmios durante o final de 1995 e até o ano seguinte, tendo marcado o início do que seria uma das maiores bandas da época. Dele, saíram os sons “This is a Call”“Big Me” “I’ll Stick Around”.

GARBAGE

Garbage

garbage- 20 anos

O álbum de estreia do Garbage  foi lançado em Agosto de 1995 e permaneceu por mais de um ano no topo das paradas americanas e inglesas. Não é preciso dizer mais que isso para saber que foi sucesso absoluto, certo? Mas tem mais! O disco foi produzido pela própria banda e tem entre seus sucessos “Queer”, “Only Happy When it Rains”, “Vow”, “Stupid Girl” e “Milk”, além de garantir à banda prêmios como a melhor música de rock do Grammy (com “Stupid Girl”) e o prêmio de melhor banda de rock, na mesma premiação.

Artigos Relacionados

1 comentários :

Alanis Always disse...

*Obrigado pela Visita e Fique a Vontade para Opinar sempre!!
*Duvidas ou Sugestões, Idéias, Divulgações e Parcerias podem ser enviados para:
contato@alanisalways.com
*Não Insultar o Autor ou Leitores das postagens
*Não Pedir parceria por comentários
*Não Publicar Spam ou Similar
*Não use caixa alta (caps lock).
*Seja cordial. Não use palavrões, nem termos ofensivos.
*Não faça spam ou comentários fora do contexto do post.
*Agradecemos elogios, sugestões e críticas construtivas.
*Toda ajuda é bem vinda. Não critique apenas, ajude também

9 de janeiro de 2015 12:40

Postar um comentário