13 outubro, 2015

Alanis Morissette faz introdução de óleos essenciais

"Ter sido obcecada com óleos essenciais, desde que, pelo que me lembro. Minha mãe compartilha histórias comigo sobre minha chorando e correndo com ela. E o que é muitas vezes implícita é que precisava de uma pomada ou um óleo esfregada em cima da minha mão, ou perto de meu coração ou debaixo do meu nariz. E que enquanto certamente necessária assistência que ultrapassou tudo um belo óleo essencial poderia fornecer, que havia muitas vezes a tintura perfeita, a mistura perfeita, o país perfeito de onde veio isso conduziria a um descanso profundo para mim. Um suspiro. Um bafo de fora. Um alívio. Uma alegria. Graças a Deus minha mãe sabia sobre essa tendência sensual. Ela tinha-se. :)
Em minhas viagens ao redor do planeta, eu tive o dom e o prazer sensual de coleta de óleos como eu fui. Da Índia. Nova Zelândia. Tailândia. Bali. França. Marrocos. Japão. As planícies. As montanhas. As florestas. Os jardins. A fruta. As flores. As plantas. Os rituais. A cura. Os lembretes. O alívio. A quietude que eles gerou. Inspirado. Acalmou-se. Erguida. Debelada. Abriu.
Tenho mais de 1000 de óleos essenciais em minha coleção. Eu sou sempre o aluno e o sábio com estas obras primas cheirosa.
Vou compartilhar meus favoritos e os bastidores. Vou oferecer algumas idéias sobre aplicações e motivos, sobre bálsamos para a alma, o coração, corpo... o que aplicar para um resto e dores e relaxamentos.

Animada."


Fonte:
http://alanis.com/
https://www.facebook.com/alanismorissette?fref=ts
twitter.com/alanis

Artigos Relacionados

1 comentários :

Alanis Always disse...

*Obrigado pela Visita e Fique a Vontade para Opinar sempre!!
*Duvidas ou Sugestões, Idéias, Divulgações e Parcerias podem ser enviados para:
contato@alanisalways.com
*Não Insultar o Autor ou Leitores das postagens
*Não Pedir parceria por comentários
*Não Publicar Spam ou Similar
*Não use caixa alta (caps lock).
*Seja cordial. Não use palavrões, nem termos ofensivos.
*Não faça spam ou comentários fora do contexto do post.
*Agradecemos elogios, sugestões e críticas construtivas.
*Toda ajuda é bem vinda. Não critique apenas, ajude também

13 de outubro de 2015 13:43

Postar um comentário